sábado, 10 de janeiro de 2015

Rigenerazione

De fato, a meditação e o estado meditativo que procuro manter (não forçadamente) transformou meu ponto de vista sobre a vida. Muitas vezes tenho a plena sensação de que faço parte de tudo, de que estou conectado com tudo. E não é mais um delírio religioso e espiritual; é um sentido filosófico e talvez até cientifico. Todavia, ao me deparar com a realidade humana atual e com o comportamento humano, vejo que ainda não há compreensão e interesse rudimentar na humanização, embora algumas pessoas trabalhem ativamente para que isso se torne cada vez mais real; mesmo que talvez algumas pessoas tenham a intuição de que precisam ser mais harmoniosas, o egoísmo e o medo ainda falam mais forte, e sem dúvidas ainda é uma das barreiras à serem quebradas.

Na busca e nesse sentido de conexão, às vezes é inevitável não me preocupar com as pessoas que me rodeiam e que fazem parte do meu círculo de relação. Procuro sempre ser bem claro na forma de como encaro a vida, embora as interpretações possam ser diversas e equivocadas.

Que a minha existência na vida de todos possa ser benéfica, e que todos nós possamos um dia nos regenerarmos, e não somente nos destruirmos com a nossa falsa imagem do amanhã. Vivamos agora, sem amarras opressoras, sem ansiedade do amanhã. Este momento, agora!