domingo, 8 de fevereiro de 2015

La Felicità è Me

Arte: Alex Cherry

Não tenho mais aquele delírio de que alguém um dia poderá me fazer feliz, pois na minha consciência tenho a convicção de que só eu apenas poderei criar esta condição. O que as pessoas em minha volta podem fazer quanto a isso? Elas podem amplificar, potencializar minha felicidade - o que de fato está cada vez mais intenso - mas não há como a felicidade vir de fora pra dentro: ela nasce dentro de mim e se transforma do lado de fora. É uma consequência da maneira de como abstraio e interajo com a vida. Em suma, desejo que todos tenham a preocupação primordial em se satisfazerem com suas ações, não somente viverem na caça e na satisfação dos outros; Equilibremos nossas ações.

Cada um sendo feliz ao seu modo, mas que essa reflexão não passe despercebida: dê atenção a sua satisfação, ao seu prazer e não deixe de lado o que você pode fazer agora. Dê atenção ao mundo, mas não deixe de olhar pra si mesmo antes de abraça-lo.