segunda-feira, 15 de junho de 2015

Amores Flamejantes

(Arte: Lora Zombie)

Amores flamejantes
Inquietos e intrigantes

De perto queimamos e vivenciamos nosso calor
De longe sabemos o quanto precisamos nos dispor

Mesmo que o fogo a de se apagar
Uma hora ou outra aprendemos a nos alimentar

Do pouco que aprendi sobre essa intensa combustão
Sei que poucos são os combustíveis que causam essa explosão

E é o que venho aprendendo desde então
A não alimentar o fogo sem intenção
Sem calor
Sem louvor

Sei que muitos querem esse fervor
Mas poucos sãos os que queimam sobre o amor

Que possamos estar em chamas enquanto existentes
E que não vivamos tão apagados e descontentes

Se o fogo a de queimar por todos os cantos
Por quê então evitarmos esses encantos?

Queimemos até as ultimas brasas
Como se fossemos fogos com asas