sábado, 20 de julho de 2013

Seminare

O meu ponto de vista é: sempre estou plantando minhas sementes! No meu ponto de vista, não sinto a necessidade de agir por ninguém, muito menos pra alguém. Sinto-me como um ser que vibra constantemente em sinceridade e clareza, tentando agir sempre no auxílio de todos. Não penso em ganhar ninguém exclusivamente para mim, mas penso em conquistar a todos e se possível trazer uma sensação de segurança e tranquilidade!

Tento sempre mostrar – para quem está ao meu lado – que alguns pontos devem ser refletidos, e se possíveis aperfeiçoados e melhorados, mas isso não é feito com o desejo de que melhorem para mim, nunca! 

O amor incondicional nunca é feito com a intenção de retorno pela pessoa que recebe minhas expressões, mas também não faço questão de continuar a intencionar isso, visto que alguns não se ajudam inicialmente; É que nem despejar água em um copo furado. 

Acho um tanto inevitável na se frustrar com essas tentativas de “dedicação”, mas por fim me recomponho e me coloco no lugar sabendo que plantei coisas boas, mesmo que não haja reconhecimento sobre necessárias reflexões.

E assim vou vivendo. Todas sementes plantadas com certeza aflorarão, seja cedo ou tarde. 

Todos nós somos livres para agir, escolher, pensar e também para decidirmos quando começaremos uma revolução evolutiva dentro de nós.