sábado, 25 de julho de 2015

Delirando

(Arte: Harry Clarke)
Delirando, delirando
É assim que a gente vai caminhando

Delirando, delirando
Cada vez mais se amarrando

Delirando, delirando
Acreditando que tudo está se arrumando

Delirando, delirando
Possuindo e acomodando

Delirando, delirando
Sem empatia, sem espírito brando

Delirando, delirando
Até parece que o sofrimento está passando

Delirando, delirando
Impondo e separando

Delirando, delirando
Corpos muito próximos se degladiando

Delirando, delirando
Almas ricas, mas distorcidamente se expressando

Delirando, delirando
Constantemente se preocupando

Delirando, delirando
Com o que já foi e não está voltando

Delirado, delirando
A gente vai se separando

Delirando, delirando
Numa distorcida crença que vem durando

Delirando, delirando
Nessa falsa imagem de si mesmo se apresentando

Delirando, delirando
Acreditando que está se elevando

Delirando, delirando
Você está babando